O CIRIEC Internacional foi fundado em Genebra em 1947 pelo Professor Edgard Milhaud. Hoje, reune mais de 600 colaboradores nos cinco continentes, com presença efectiva nas 20 maiores economias do mundo.

A assembleia geral do CIRIEC-Internacional, realizada há dias em Liège (Bélgica), elegeu o professor da Universidade de Lisboa e da Universidade Autónoma de Lisboa. Jorge de Sá tinha já sido responsável pela organização de alguns grandes eventos do CIRIEC Internacional, designadamente os V e VI Congressos Mundiais de Investigadores em Economia Social realizados em Lisboa (2015) e em Manaus (2017), cada um com mais de 400 comunicações científicas.

Além de professor universitário em vários países, Jorge de Sá é também investigador científico no Laboratório de Ideias em Inovação Social da Universidade Nova de Lisboa, no Observare da Autónoma de Lisboa, para além de membro do Conselho Científico do CIRIEC Internacional e de vários comités de redacção de revistas científicas na Bélgica, Brasil, Espanha e Colômbia.

No campo empresarial da economia pública e social é membro eleito do Conselho Geral do Montepio Geral, vice-presidente da Associação Portuguesa de Mutualidades – Rede MUT, administrador e membro do Conselho de Orientação do IPSE – Instituto para a Protecção Social Europeia (Paris), administrador da Fundação Edgard Milhaud (Bélgica), membro da AIM – Associação Internacional da Mutualidade (Bruxelas) e membro, desde 2012, como “personalidade de reconhecido mérito e experiência no campo da economia social “, do CNES – Conselho Nacional de Economia Social, sob a Presidência do primeiro ministro de Portugal, António Costa.

O novo presidente da rede internacional é formado em Ciências Sociais pela Universidade Livre de Bruxelas, Mestre em Gestão de Desenvolvimento e Cooperação Internacional pela UM de Lisboa e Doutor em Gestão (especializada em Marketing) pelo ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa.

Fonte: Human Resources